Março Azul: campanha traz conscientização sobre o câncer colorretal

 



Organizada pela SBCP (Sociedade Brasileira de Coloproctologia) e pela SOBED (Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva), a campanha Março Azul busca trazer conscientização sobre o câncer colorretal, que é o segundo tipo de câncer que mais mata no País.

Ainda de acordo com dados da SOBED, atualmente mais de 40 mil brasileiros são vítimas desta doença por ano. No país, a chance de desenvolver tumores colorretais é de 4,3%, alerta o Cirurgião Proctologista DR. LUCAS ZAIDEN.

Sendo mais comum em homens e mulheres com mais de 45 anos ou em pessoas que tenham casos na família, a doença atinge o intestino grosso ou o reto. Cerca de 85% dos casos são diagnosticados em fase avançada, quando a chance de cura é menor. Por isso, o maior objetivo da campanha Março Azul é falar sobre diagnóstico e tratamento precoce.

Alguns dos sintomas de atenção são: emagrecimento repentino, sangue nas fezes, anemias de repetição, cansaço e indisposição, alterações nos hábitos intestinais com diarreias ou constipação frequentes.

Além dos sintomas, este tipo de câncer pode ser detectado através de exames como a colonoscopia, que pode inclusive remover o tumor, sem a necessidade de tratamentos mais invasivos.

Fatores de risco e prevenção

O câncer de colorretal está diretamente ligado a alguns fatores de risco como sedentarismo, obesidade, tabagismo e consumo excessivo de alimentos gordurosos e álcool.

Para prevenção é recomendado que se evite estes fatores e mantenha-se uma alimentação saudável e a prática regular de atividades físicas. Além disso, os profissionais de saúde alertam para a realização de exames de rotina, algo que pode ajudar a identificar mais do que esta doença.

A SOBED afirma ainda que o câncer colorretal tem cura. “Quanto mais cedo iniciar o tratamento, mais chance de recuperação”, diz a instituição.

Postar um comentário

ABRASSP - Associação Brasileira de Síndicos e Condomínios

Postagem Anterior Próxima Postagem
BRB


Bio Caldo - Quit Alimentos