Vice-governadora do DF registra queixa por Violência Política

A vice-governadora do Distrito Federal, Celina Leão (PP), apresentou ontem um boletim de ocorrência na Delegacia-Geral da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) contra um assessor do senador Izalci Lucas (PL-DF), acusando-o de violência política. De acordo com a denúncia, o assessor está envolvido na distribuição de um vídeo que ataca a vice-governadora. Este vídeo foi supostamente gravado por um ex-funcionário de Celina Leão e tem circulado entre contatos do WhatsApp


Foto: Renato Alves.

O vídeo, descrito como contendo ataques de baixo nível, foi encaminhado ao círculo próximo de Celina Leão, chegando até ela por meio de uma conhecida. A vice-governadora, que é cotada como possível candidata ao Palácio do Buriti em 2026, afirmou que a ação do assessor de Izalci Lucas configura disseminação de fake news. Izalci Lucas, que também demonstra intenções de concorrer ao governo do DF, agora vê seu gabinete no centro de uma controvérsia que pode ter repercussões eleitorais.

Além do registro na PCDF, a queixa foi encaminhada ao Ministério Público Eleitoral para que avalie a situação sob a perspectiva de um possível crime eleitoral. A legislação brasileira é rigorosa com casos de violência política e fake news, especialmente em contextos eleitorais, o que pode agravar as consequências legais para os envolvidos.

A denúncia por parte de Celina Leão ressalta a necessidade de maior fiscalização e respeito no ambiente político, especialmente considerando a proximidade das campanhas eleitorais de 2026, onde tanto Celina quanto Izalci pretendem concorrer a cargos majoritários. A investigação segue em andamento, e os desdobramentos deste caso podem influenciar diretamente o cenário político do Distrito Federal nos próximos anos.

Postar um comentário

ABRASSP - Associação Brasileira de Síndicos e Condomínios

Postagem Anterior Próxima Postagem
BRB


Bio Caldo - Quit Alimentos