Lançamento da campanha "Do Meu Lixo Cuido Eu" promove a quebra de paradigmas ambientais e sociais na Câmara dos Deputados

 Projeto de abrangência nacional foi liderado pelo ambientalista e líder comunitário carioca, Tião Santos

O último dia 26, quarta-feira, foi marcado pelo lançamento do projeto "Do Meu Lixo Cuido Eu" que reuniu políticos, imprensa, representantes comunitários e demais autoridades no Salão Nobre da Câmara dos Deputados (DF). Promovendo uma campanha nacional que tem como objetivo a conscientização ambiental e a responsabilidade individual na gestão dos resíduos sólidos, a cerimônia também foi palco da estreia de uma série documental com o intuito de educar a população e trazer luz às dificuldades diárias enfrentadas pelos catadores.


“É preciso ratificar que 90% dos materiais recicláveis que chegam na indústria são fruto dos catadores. Além disso, 95% desses trabalhadores não estão vinculados a nenhuma instituição e 60% deles também vivem dentro dos lixões. Com isso, podemos afirmar que esta não é só uma campanha de mobilização e sensibilização da sociedade, mas sim uma campanha de valorização e de reconhecimento daqueles que protagonizam a reciclagem no brasil e merecem todo o respeito e o pagamento pelo serviço ambiental prestado no país”, pontuou Tião Santos, ambientalista idealizador do movimento e presidente da ACAMJG (Associação dos Catadores do Aterro Metropolitano de Jardim Gramacho).


Liderado pelo Instituto Democracia e Sustentabilidade, o evento faz parte da Virada Parlamentar Sustentável que tem como objetivo a realização de debates, seminários e audiências públicas realizadas no mês de junho com foco em questões ambientais e climáticas. Após a exibição do trailer da série documental "Do Meu Lixo Cuido Eu", que é patrocinada pela Novelis, o Salão Nobre também foi palco da apresentação do projeto CATA que Empreende, iniciativa em parceria com a Petrobras que visa transformar a vida de diversos catadores localizados em Duque de Caxias (RJ), município que já foi palco dos maiores lixões a céu aberto da América Latina.


“A pauta do lixo não foi rebatida por muito tempo aqui dentro do  congresso mas, a partir de hoje, milhares de catadores e catadoras do Brasil vão começar a ter a visibilidade que eles sempre mereceram. [...] Mas quando a gente, em pleno 2024, olha pro Brasil e vê tantos lixões abertos, isso é uma derrota pra todos nós como sociedade. Não temos mais tempo para ficar em debates, precisamos de atitudes urgentes”, pontua o apresentador da série documental, Pedro Andrade.


Presidente do Instituto Movimento Eu Sou Catador (MESC), que promove a inclusão social e econômica dos catadores, Tião Santos teve sua trajetória de vida e de trabalho contada pelo filme "Lixo Extraordinário" em 2010, que foi indicado ao Oscar de melhor documentário. Carioca nascido em Duque de Caxias, já se tornou uma das maiores referências atuais na luta pelo direitos dos catadores e também pela manutenção e preservação ambiental no Brasil.


“Nós sabemos o grande potencial da economia circular do Brasil e também do impacto tremendo que existe na má gestão de recursos públicos. Precisamos fazer essa ponte para que haja uma mudança de paradigma social onde o lixo deve ser tratado como fonte de riqueza, de trabalho e de dignidade para milhares de pessoas”, concluiu o representante do Instituto Democracia e Sustentabilidade e organizador da Virada Parlamentar Sustentável, Marcos Woortmman.


Para Adalberto Maluf, integrante do Ministério de Meio Ambiente e Mudança do Clima (MMA), o Brasil possui mais de 1 milhão de catadores que não possuem uma remuneração justa pelo trabalho ambiental que realizam, sendo que 400 mil destes ainda se encontram nos lixões a céu aberto. Já de acordo com o representante do Sebrae Nacional, Juarez de Paula, as atividades de captação, reciclagem, triagem e logística reversa de resíduos sólidos devem ser vistos como um nicho de negócios oportuno e necessário para o sustento do tecido empresarial brasileiro.


Sobre a Campanha "Do Meu Lixo Cuido Eu" - A campanha "Do Meu Lixo Cuido Eu" é uma iniciativa voltada para a educação e mobilização da sociedade brasileira em relação à gestão responsável dos resíduos sólidos. Com o lema "Juntos podemos fazer a diferença!", a campanha pretende transformar pequenas ações individuais em grandes mudanças coletivas, promovendo um futuro mais limpo e sustentável para todos.


Serviço

Projeto "Do Meu Lixo Cuido Eu"

Instagram: @domeulixocuidoeu

Postar um comentário

ABRASSP - Associação Brasileira de Síndicos e Condomínios

Postagem Anterior Próxima Postagem
BRB

Bio Caldo - Quit Alimentos